Nova lei reconhece Brejinho como “Terra da Farinha”

O município de Brejinho, localizado na região Agreste Potiguar, ganhou oficialmente nesta quinta-feira 21 o título de “Terra da Farinha” no Rio Grande do Norte. A homenagem foi reconhecida em uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pela governadora Fátima Bezerra (PT). A matéria já está publicada no Diário Oficial.

O projeto que deu origem à lei é de autoria do deputado estadual Kléber Rodrigues (PL). Ao apresentar o projeto na Assembleia, o parlamentar destacou que a farinha de mandioca produzida em Brejinho é reconhecida em todo o Estado e que o alimento é “essencial e de tradição na dieta alimentar das populações locais”.

“É importante destacar, também, a contribuição do complexo mandioqueiro como centro aglutinador e de consolidação de muitas comunidades rurais que nasceram e se desenvolvem sob influência das casas de farinha, promovendo sua própria história na persistente luta pela qualidade de vida de sua gente”, ressalta o deputado.

O município de Brejinho é conhecido como o local de produção de farinha de mandioca mais tradicional no Rio Grande do Norte. Por causa da história com a produção do alimento, a cidade tem até um Museu Municipal da Farinha.