Médico que atendeu no Hospital Regional em Santo Antônio no fim de semana é denunciado por supostamente não ter registro no CRM

Boletim de Atendimento carimbado e assinado pelo suposto médico.

Um médico que teria formação em instituição estrangeira – que atendeu no Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal, no fim de semana – foi denunciado por supostamente não ter a permissão legal para o exercício da profissão no país. A suspeita de que médico não possui o revalida nem a inscrição provisória no Conselho Regional de Medicina (CRM).

O profissional, inclusive, prescreveu medicação para tratamentos sem a devida supervisão de um médico qualificado.

No boletim de atendimento, não consta o registro do profissional no CRM e apenas o CPF do suposto médico que assina o documento.

O CRM foi comunicado do ocorrido e pediu a intervenção junto ao Ministério Público e à Polícia Federal. A denúncia já foi formulada na Promotoria de Justiça que deverá investigar o caso.

A direção do Hospital Regional ainda não se pronunciou sobre o caso.