Em entrevista à rádio, Presidente da Câmara de Santo Antônio chama denúncias feitas por vereador Leandro de “fraudulentas” e diz que acusações têm objetivo de denegrir sua imagem e de sua família

Em entrevista a uma emissora de rádio da cidade de Nova Cruz, no início da tarde desta sexta-feira (14), o presidente da Câmara Municipal de Santo Antônio, vereador Gustavo Alves, afirmou que as denúncias feitas pelo vereador Leandro Horácio contra ele e o contador da Casa apontando indícios de fraudes em licitações na sua gestão são “fraudulentas” e têm por objetivo denegrir sua imagem e de sua família.

Gustavo se limitou a dizer que o vereador Leandro não tem nenhum documento e está acusando sem provas. Ele declarou que não negou a entregar nenhuma documentação solicitada pelo vereador Leandro, e só pediu a ele um prazo maior. Assegurou que vai entregar todos os documentos solicitados dentro do prazo dado pela justiça. “Vou entregar nenhuma hora antes. Vou entregar tudo de acordo com a lei, no prazo da justiça”, disse Gustavo.

Em relação às acusações envolvendo empresas contratadas na sua gestão por não ter prestado serviço e uso de notas frias para pagamento, Gustavo disse que tem todas as notas dos pagamentos feitos e vai provar na justiça.

Ainda em sua fala, Gustavo afirmou que está sendo alvo de perseguição e conspiração por parte do vereador Leandro, lembrando o episódio em que foi feita aceita uma denúncia contra ele com seis votos por Leandro quando sentou na cadeira de presidente. Ele disse que rejeitou três denúncias contra o prefeito por ter obtido os mesmos seis votos, pois, segundo Gustavo, são necessários oito votos para que uma denúncia seja aceita.