Após assassinato de agente penitenciário, Sejuc suspende visitas íntimas a presos do RN

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) suspendeu nesta quarta-feira, 11, as visitas íntimas e sociais nos presídios do Rio Grande do Norte após a morte de um servidor e atentados a outros três agentes penitenciários. Na última terça-feira, 10, o agente penitenciário Jefferson Bezerra de Lima, de 33 anos, foi baleado dentro da casa onde morava na zona Oeste da capital. Jefferson morreu quando estava a caminho do hospital.

Suspensão valerá por 30 dias, a portaria que normatiza a decisão está assinada pelo secretário Mauro Albuquerque Araújo, no texto o secretário diz que o assassinato do agente tem “características de execução pela função pública”. Araújo completa afirmando que os ataques seriam uma represália ao combate de grupos criminosos dentro dos presídios.